Aldeia Rio Silveiras abrirá suas portas para um passeio monitorado na Reserva Indígena na praia de Boracéia em São Sebastião

ALDEIA INDÍGENA DO RIO SILVEIRA Na divisa de Bertioga com o município de São Sebastião, encontra-se um registro vivo da história do Brasil. Lá está a aldeia Guarani, que hoje abriga cerca de 500 índios. Localizada na Praia de Boracéia, as famílias cultivam palmito e plantas ornamentais, produzem artesanato e mantém acesa a chama do conhecimento da sua cultura, promovendo danças, músicas e culinária típica. A aldeia recebe visitas organizadas

ALDEIA INDÍGENA DO RIO SILVEIRA Na divisa de Bertioga com o município de São Sebastião, encontra-se um registro vivo da história do Brasil. Lá está a aldeia Guarani, que hoje abriga cerca de 500 índios. Localizada na Praia de Boracéia, as famílias cultivam palmito e plantas ornamentais, produzem artesanato e mantém acesa a chama do conhecimento da sua cultura, promovendo danças, músicas e culinária típica. A aldeia recebe visitas organizadas

No próximo dia 21/12, a Aldeia Rio Silveiras abrirá suas portas para um passeio monitorado na Reserva Indígena e Cachoeira da Reserva. Localizada na Mata Atlântica, KM 183 na rodovia Manoel Hipolyto Rego, a reserva faz divisa com os municípios de Bertioga e São Sebastião. Situada na Região Sul do município, no bairro de Boracéia. Uma belíssima praia está a menos de 1km distante da aldeia. Rica em vegetação, a reserva possui uma cachoeira de águas cristalinas que escorrem por pedras milenares. A aldeia abriga 120 famílias de índios da etnia tupi-guarani em 948,40 hectares e conta com uma escola especial para aproximadamente 350 crianças indígenas. Os nativos fazem artesanato, cultivam palmito Jussara e mantêm um viveiro de plantas ornamentais. Os índios têm como moradia pequenas casas construídas em pau-a-pique cobertas com palha e ou casas construídas com madeira da própria Aldeia, coberta com praças. A visita tem como principal objetivo arrecadar recursos para o natal das famílias que lá vivem e ao mesmo tempo apresentar um pouco da cultura indígena aos visitantes. – Data: 21/12/2014 – Encontro às 08 horas no Posto BR, no Ferry Boat, em Santos ou no Supermercado Albatroz, em Bertioga, às 09 horas. – O transporte fica por conta do visitante. – Será cobrada uma taxa simbólica de 10 reais e a doação de 2 quilos de alimentos não perecíveis, brinquedos e/ou produtos de limpeza. (deverão ser entregues na data do passeio) – É recomendado o uso de roupas leves, tênis confortáveis, repelente e protetor solar. Roupas de banho serão úteis àqueles que desejarem tomar banho de cachoeira. – Não há restaurante dentro da Reserva, os mais próximos ficam na Rodovia. Sendo assim, é recomendado que os visitantes levem um lanche leve e líquido para hidratar. – Em caso de chuva o passeio será cancelado e remarcado quando possível. Em caso de dúvidas contatar: Mariana Meira – 13 – 99173-6777 – marianampr@yahoo.com.br Vinicius Rodrigues – 13 – 99770-2424 – vsr08@yahoo.com Talitha Figueiredo – 13- 98131- 5454 talitha.figuei@gmail.com

 

Foto: Renata de Brito/PMB

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam