Ex-vereador de São Sebastião Marcelo Mattos foi preso hoje (11) por trafico de drogas

O presidente da Câmara Municipal de São Sebastião, Ernane Primazzi, esclarece que o ex-vereador Marcelo Mattos, preso na tarde desta quarta-feira, dia 11, durante operação policial, não pertence ao quadro de funcionários do Poder Legislativo

O presidente da Câmara Municipal de São Sebastião, Ernane Primazzi, esclarece que o ex-vereador Marcelo Mattos, preso na tarde desta quarta-feira, dia 11, durante operação policial, não pertence ao quadro de funcionários do Poder Legislativo

Dois homens foram presos por tráfico de drogas nesta quinta-feira (11), durante uma ação conjunta da Polícia Civil de Caraguatatuba e de São Sebastião, no litoral norte. Segundo a polícia, um dos detidos, Marcelo Mattos, de 42 anos, se apresentou como assessor de um vereador de São Sebastião.

A ação aconteceu em Caraguatatuba e com a dupla foram apreendidos seis quilos de maconha. Segundo as investigações da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São Sebastião, eles recebiam a droga da cidade vizinha, para distribuir no município. A polícia informou que os dois serão encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caraguatatuba.

Nota de Esclarecimento

 

O presidente da Câmara Municipal de São Sebastião, Ernane Primazzi, esclarece que o ex-vereador Marcelo Mattos, preso na tarde desta quarta-feira, dia 11, durante operação policial, não pertence ao quadro de funcionários do Poder Legislativo.

Isso significa que o ex- vereador não é seu assessor parlamentar, como pode ser comprovado no Portal da Transparência, no site www.camarasaosebastiao.com.br.

O que ocorreu foi que, durante a campanha política de 2012, Marcelo Mattos apoiou a candidatura do então candidato a vereador Ernaninho.

Apesar de não ser o seu assessor parlamentar, o presidente Ernaninho lamenta a situação do ex-vereador da cidade, pois sabe da sua luta para se livrar do envolvimento com drogas, mas está certo de que a polícia conduzirá o caso da melhor forma.

Qualquer dúvida, a assessoria da Câmara está à disposição para esclarecer através do e-mail: cmss.imprensa@gmail.com ou por telefone (12) 3891- 0008.

 

Foto: Divulgação

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam