Folha Manaus : Policiais Militares do Amazonas em Greve; 100% da polícia não vai atuar, diz o presidente da Apeam, Platiny Soares

O presidente da Apeam, Platiny Soares, informou que o protesto desta noite é o início da paralisação da categoria, que reivindica melhorias de trabalho, assim como aumento no salário, auxílio alimentação e adicional noturno., a associação está apoiando por que é obrigação da entidade dar assistência aos associados que aderiram ao movimento

O presidente da Apeam, Platiny Soares, informou que o protesto desta noite é o início da paralisação da categoria, que reivindica melhorias de trabalho, assim como aumento no salário, auxílio alimentação e adicional noturno., a associação está apoiando por que é obrigação da entidade dar assistência aos associados que aderiram ao movimento

Associação dos Praças do Estado do Amazonas (Apeam) realizou nesta noite (27), uma manifestação no entorno da Arena Amadeu Teixeira em Manaus, no local havia 3 mil policiais, familiares e apoiadores  que estavam reunidos em frente ao ginásio.

O presidente da Apeam, Platiny Soares, informou que o protesto desta noite é o início da paralisação da categoria, que reivindica melhorias de trabalho, assim como aumento no salário, auxílio alimentação e adicional noturno., a associação está apoiando por que é obrigação da entidade dar assistência aos associados que aderiram ao movimento. Todas as Cicoms (Companhias Interativas Comunitárias) estão com representatividade neste protesto”, afirmou o presidente da Apeam, Platiny Soares “Os praças do CPE, Rocam, Choque, COE, Força Tática estão mobilizados e não irão comparecer ao trabalho a partir desta segunda. 100% da polícia não vai atuar, somente as áreas administrativas”, alertou.

Prefeito de Manaus Arthur Virgilio Neto faz apelo aos policiais militares pelo seu facebook:

Venho fazer aqui um apelo aos Policiais Militares que estão organizando um movimento para reivindicar melhorias a sua categoria: retornem ao serviço e negociem formalmente e legalmente tais benefícios. Coloco-me a disposição para negociar com vocês e o Governo do Estado, pois a cidade que eu governo, e pela qual faço qualquer coisa, não pode sofrer com os problemas que uma greve de quem deve fazer a segurança da população pode causar.

Sou totalmente a favor que os trabalhadores busquem melhorias, mas sou contra greve de pessoas armadas, visto o perigo que isso representa e as conseqüências irreversíveis que uma paralisação assim representa.

Também faço um aviso aos políticos que estão incentivando tal movimento, atuando nas sombras das redes sociais e causando pânico na população: não há vitória com esse terror e tal ação vai sair pela culatra, revertendo-se em amarga derrota para quem apenas pensa em benefício próprio.

Veja mais informações sobre a greve da PM do Amazonas na Folha Manaus(clique aqui)

Veja o vídeo da manifestação(clique aqui)

Foto: Divulgação

Vídeo do Facebook de Kleber Romão

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam