Grupos de São Sebastião empolgam o público presente ao Litoral Dance Festival

Descendentes de Rua vencem duas categorias do Litoral Dance Festival em primeira noite de competições

Descendentes de Rua vencem duas categorias do Litoral Dance Festival em primeira noite de competições

O grupo de dança de rua de São Sebastião “Descendentes de Rua” já saío da primeira noite do Litoral Dance Festival com dois troféus na mão.

O grupo levou o título em duas categorias, Dança de Rua Individual e Duo.

Além dos Descendentes, participaram das competições da noite os grupos

Independance, Garoçá, Tebar Praia Clube, Sintonia Corpo e Arte e Urbano’s.

As apresentações começaram no Teatro Municipal já com coreografias de alto

nível que mostraram ao público o clima da competição.

Muito participativa, a plateia ovacionava os solos, duos, trios e quartetos que abrilhantaram a tarde no Teatro. O destaque da tarde foi para o duo de Dança de Rua de São Sebastião, formado por Gustavo Ribeiro e Maisa Adão, e solo também de Dança de Rua de Leo Dub, todos dos Descendentes de Rua.

Logo em seguida, o evento levou um grande público para acompanhar as competições no ginásio do Tebar.

No período da noite, competiam as coreografias de grupos. Os grupos de São Sebastião contavam com a maior torcida, porém destacaram-se também grupos vindos de Praia Grande, São Vicente e Ilhabela, que eram muito aplaudidos pelos

expectadores.

Destaque para o grupo do Projeto Garoçá que apresentou a coreografia “Pérola Negra”. A apresentação foi um sucesso e o público aplaudiu de pé as crianças da Costa Norte da cidade. A coreografia foi assinada por Mariana Bombom, assessora cultural das Oficinas de Zumba da cidade.

No fim da noite, os primeiros prêmios já foram divulgados pela organização do

evento. Com o fechamento de algumas categorias, o grupo Descendentes de

Rua levou pra casa dois troféus. Melhor Duo de Dança de Rua e Melhor Solo

de Dança de Rua. O grupo comemorou com empolgação os prêmios logo na

primeira noite do festival.

O coreógrafo do grupo, o assessor cultural Junior Rocha parabenizou os alunos pelo prêmio em decorrência do esforço e dedicação deles. “Todo coreógrafo sabe que aquela coreografia que se vê num palco tão bem encaixada, vibrante, empolgante e porque não dizer intrigante é o resultado de muito trabalho esforço e dedicação que muitas vezes não são levados em conta no momento do sorriso do dançarino ou da alegria por um resultado. Parabenizo desde já meus alunos Leo Dub, Gustavo Ribeiro e Maisa Adão pela ótima apresentação”, disse.

O coreógrafo cumprimentou ainda aqueles que mostram o amor pelo que

fazem. “Desde já parabenizo também a todos aqueles que dançam por amor a

dança. Que no momento de uma vitória não nos esqueçamos da lição de uma

derrota, e que no momento de sorrir lembremos que já houve dias de chorar,

porque só assim se manterá a humildade e os pés no chão pra continuar

evoluindo”, finalizou.

Hoje , dia 24, o festival continua a partir das 16h no Teatro Municipal com a

apresentações clássico, individual, duos, trios e quartetos, já as 19h, as

apresentações de grupos, jazz, contemporâneo e dança de rua, voltam ao

inásio do Tebar. A entrada é 1kg de alimento ou 1l de óleo.

(CH/ZA)

Foto: Divulgação/PMSS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam