Limpeza para eliminar criadouros do mosquito da dengue será realizada amanhã (02) na praia de Boiçucanga em São Sebastião

Casa da Dengue, de onde saem as orientações gerais de combate ao Aedes, fica no Centro da cidade

Casa da Dengue, de onde saem as orientações gerais de combate ao Aedes, fica no Centro da cidade

A Prefeitura iniciará nesta quarta-feira (2), uma ação de limpeza em Boiçucanga, na Costa Sul, com a finalidade de eliminar possíveis criadouros do mosquito da dengue.

O trabalho será desenvolvido, em uma parceira das Secretarias de Saúde (Sesau) e das Administrações Regionais (Seadre), nos imóveis e ruas do bairro.

A operação envolverá 36 agentes da Vigilância Epidemiológica e 15 servidores lotados na Regional Boiçucanga e Ecopav – empresa responsável pela coleta de lixo e limpeza no município.

O diretor da Seadre, Giovani dos Santos, o Pixoxó, também colocou à disposição quatro máquinas (três retroescavadeira e uma pá-carregadeira) e cinco caminhões para recolher o material.

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal apontam que de janeiro a março foram 875 notificações sendo 98 confirmadas, 749 negativas e 28 que ainda aguardam resultado. As principais incidências de notificações estão concentradas em bairros da costa sul do Município, principalmente Boiçugança, Maresias e Juquehy. Até a semana passada, dados da pasta responsável pelo combate à dengue indicavam que havia aproximadamente 40 casos confirmados em Boiçucanga. De acordo com  Aguinaldo José, um dos coordenadores técnicos da secretaria, a operação se estenderá durante a semana e a orientação é para que os moradores recebam os agentes e não deixem recipientes com água, como latas, copos plásticos, vidros, pneus, prato de vasos, entre outros, no interior de seus imóveis.

Veranistas

Com relação às casas de veranistas fechadas, o coordenador declara que a equipe irá tentar localizar os proprietários ou os caseiros e/ou funcionários para que colaborem com a iniciativa. “Caso não sejam encontrados, os donos serão notificados a tomar as devidas providências em suas residências. Se a situação persistir, eles poderão receber uma multa”, informou José.

Após a conclusão dos trabalhos, outra ação está programada no bairro. Trata-se da nebulização entre a Prefeitura e o governo do Estado, através da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), para diminuir o vetor da dengue.

A coordenação ressalta que tem realizado ações intensificadas para evitar o surgimento de novos casos, como bloqueio e controle de criadouros através de vistoria em marinas, escolas, cemitério, ferro-velho, telagem de caixas d´água, nebulização, orientação dos agentes aos moradores de casa em casa, dentre outras.

Serviço: A limpeza começará a partir das 9h.

(RS/RF)

Foto: Milton Fagundes | PMSS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam