Paraglider cai e mata piloto que voava com seu filho de 17 anos em Caraguatatuba

Frank Kojimoto era dono de uma empresa especializada em voo duplo que também oferecia serviços de pesca, mergulho e passeios de barco. Segundo a Prefeitura de Caraguatatuba, Kojimoto estava voando com o filho de 17 anos quando ocorreu o acidente por volta das 14h

Frank Kojimoto era dono de uma empresa especializada em voo duplo que também oferecia serviços de pesca, mergulho e passeios de barco. Segundo a Prefeitura de Caraguatatuba, Kojimoto estava voando com o filho de 17 anos quando ocorreu o acidente por volta das 14h

Um homem morreu durante um voo de paraglider na tarde desta quinta-feira (08) nas proximidades da pista de skate e da pista de voo livre que fica na Avenida da Praia, no centro de Caraguatatuba, no litoral norte de São Paulo.

Frank Kojimoto era dono de uma empresa especializada em voo duplo que também oferecia serviços de pesca, mergulho e passeios de barco. Segundo a Prefeitura de Caraguatatuba, Kojimoto estava voando com o filho de 17 anos quando ocorreu o acidente por volta das 14h.

O acidente teria ocorrido quando Kojimoto tentava ir para a pista de pouso e o paraglider se deslocou para perto da pista de skate. Eles decolaram do Morro de Santo Antônio. Não há informações de como ocorreu a queda, mas amigos disseram que ele estaria testando um novo equipamento de voo.

Os dois sofreram politraumatismo e foram levados para a Santa Casa Stella Maris, mas o pai não resistiu aos ferimentos. O estado de saúde do menino é grave  e ele foi transferido na madrugada desta sexta-feira (09) para o Hospital Pio XII e depois para o Hospital Municipal, ambos em São José dos Campos

 

Foto: Divulgação/ Japa Fly & Dive Adventure

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam