Prefeito Antonio Colucci se reúne hoje (24) com secretário de Meio Ambiente sobre a cobrança abusiva para entrar no Parque Estadual de Ilhabela

A cobrança está suspensa temporariamente

A cobrança está suspensa temporariamente

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci (PPS), acompanhado do deputado estadual Edmir Chedid (DEM) e de lideranças do município, se reunirá hoje, às 19h, com o secretário estadual de Meio Ambiente, Rubens Namam Rizek Junior, em São Paulo, para tratar da cobrança da taxa estabelecida pela Fundação Florestal no acesso ao Parque Estadual de Ilhabela, que causou transtorno ao turismo do município nos últimos dias. A cobrança de ingresso na Estrada dos Castelhanos foi suspensa após quatro dias seguidos de protestos, que bloquearam o acesso ao parque e, consequentemente, à Praia dos Castelhanos, um dos principais pontos turísticos do arquipélago.
A Portaria Normativa FF/DE 218/2014, que dispõe sobre valores para ingresso de pessoas nos parques estaduais, e que originou a cobrança no acesso à Estrada dos Castelhanos, passou a vigorar no dia 19 de novembro. Com isso, o Parque Estadual de Ilhabela iniciou na última quinta-feira (19/11) a cobrança de “pedágio” de R$ 12, isentando apenas moradores, comerciantes e proprietários de segunda residência na Baía dos Castelhanos, além de crianças com até 12 anos, idosos e pessoas com deficiência.
Jipeiros, profissionais ligados ao Turismo e moradores de Castelhanos bloquearam a estrada em protesto contra a cobrança. O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, esteve reunido com o grupo e, na ocasião, junto com o deputado estadual Edmir Chedid, agendou a reunião com o secretário estadual de Meio Ambiente. A cobrança está suspensa temporariamente.

Foto: Divulgação/PMI

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam