Prefeitura petista de Ubatuba decidiu ampliar a cobrança de Zona Azul até as 2h na orla da praia

Turista e comerciante não concordam com a taxa da Zona Azul até as 2h da madrugada que vai ser cobrada pela administração do prefeito petista Maurício Moromizato; a população já apelidou a taxa de "Taxa Dilmais  " em Ubatuba

Turistas e comerciantes não concordam com a taxa da Zona Azul até as 2h da madrugada que vai ser cobrada pela administração do prefeito petista Maurício Moromizato; a população já apelidou a taxa de “Taxa Dilmais ” em Ubatuba

Prefeitura de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, decidiu ampliar a cobrança de Zona Azul até as 2h nas vagas rotativas entre o Itaguá e a Praia do Cruzeiro. Atualmente, a cobrança ocorre até as 18h. A previsão é que a nova taxa comece a valer já no primeiro dia de janeiro e se estenda até março, período que a cidade espera receber cerca de dois milhões de turistas.
De acordo com a Companhia Municipal de Turismo, órgão da prefeitura que regula a Zona Azul, os últimos ajustes estão sendo feitos para iniciar a cobrança. Segundo o órgão, a medida tem objetivo de fazer com que o turista aproveite mais a orla da praia ao inibir a ação de flanelinhas e o som alto.

Foto: Divulgação/PMU

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam