Vendaval causa destruição hoje (03) em toda Costa Sul de São Sebastião

Segundo o responsável pela Defesa Civil Coordenadoria, Carlos Eduardo dos Santos, o Carlão, em alguns lugares a velocidade do vento ultrapassou os 47 km/h e chegou a 75 km/h

Segundo o responsável pela Defesa Civil Coordenadoria, Carlos Eduardo dos Santos, o Carlão, em alguns lugares a velocidade do vento ultrapassou os 47 km/h e chegou a 75 km/h

A Defesa Civil de São Sebastião divulgou agora a tarde (quarta-feira 3) que a cidade continua em estado de atenção devido a chuva e novas rajadas de vento previstos para esta noite.
Durante todo dia foram realizadas diversas vistorias nos bairros afetados pelas rajadas que atingiram a Costa Sul da cidade, durante a madrugada.
Segundo o responsável pela Defesa Civil Coordenadoria, Carlos Eduardo dos Santos, o Carlão, em alguns lugares a velocidade do vento ultrapassou os 47 km/h e chegou a 75 km/h.
É o caso, por exemplo, do bairro de Toque Toque Pequeno, onde a cobertura da quadra de esportes desabou e provocou a suspensão das aulas na EM Professor João Gabriel de Santana, já que ela fica ao lado do equipamento esportivo.
De acordo com Carlão, em Paúba, uma Moscadeira com aproximadamente 20 metros de altura e 0,60 centímetros de diâmetro caiu sobre um imóvel situado na rua Belo Horizonte e destruiu parte do telhado e o pergolado ao lado da piscina.
Na mesma via pública, outras duas espécies conhecidas como Pau Ferro caíram e interditaram o acesso à residência.
No bairro de Juquehy, a equipe vistoriou uma Guarandi de, pelo menos, 25 metros de altura com risco iminente de queda sobre uma casa de alto padrão localizada no condomínio Raízes.
“A raiz da espécie se soltou do solo e a supressão dela será feita pelo proprietário, que já recebeu a autorização da Defesa Civil”, informa Carlão.
Em Boracéia, uma árvore também caiu sobre a garagem e varanda de uma residência localizada na alameda Yupeba.
Barequeçaba
A Defesa Civil esteve, ainda, em Barequeçaba e Toque Toque Grande. No primeiro bairro, na rua Evaristo da Veiga, um Ficus de quase 10 metros de altura destruiu dois postes de entrada de energia elétrica da residência e o muro.
Já na segunda localidade, o vento derrubou um Caniveteiro com aproximadamente 15 metros de altura dentro do jardim de uma casa e afetou a fiação elétrica externa do imóvel.
Os agentes também estiveram no Sertão do Cacau, em Cambury, onde galhos e algumas pequenas árvores caíram nas ruas Tijucas e no Caminho do Meio.
Em todos os locais vistoriados, a equipe realizou o corte das espécies e deixou os pedaços em pontos adequados para serem recolhidos pela Seadre (Secretaria das Administrações Regionais).
Segundo a Defesa Civil, na rodovia Rio-Santos e/ou Dr. Manoel Hipólito do Rego, entre o trecho de Maresias e o Centro da cidade, foram observados mais de 10 lugares onde ocorreu queda de galhos ou árvores.
Apesar dos estragos, em nenhuma ocorrência houve vítimas. Para acionar a Defesa Civil é só ligar para o telefone 199.

Foto: Vera Mariano/Divulgação/PMSS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam