Voltou a chover hoje (29) provocando vários pontos de alagamentos na Costa Sul de São Sebastião

Após as fortes chuvas, Costa Sul continua sob monitoramento da Defesa Civil

Após as fortes chuvas, Costa Sul continua sob monitoramento da Defesa Civil

A equipe da Defesa Civil continua em estado de atenção para a Costa Sul por conta das últimas chuvas que assolaram recentemente a região provocando estragos com o transbordamento de rios e deslizamentos de terra em vários pontos  da SP-55.

De acordo com o chefe da Defesa Civil, Carlos Eduardo dos Santos, o Carlão, na madrugada desta segunda-feira (29), voltou a chover forte na região por mais de meia hora o que resultou em vários pontos de alagamentos em quatro bairros. “Registramos 46 minutos de fortes pancadas e um volume de 30mm, o que equivalente a um mês de chuvas”, disse.

Segundo informou, apesar do mau tempo não houve grandes danos, apenas alagamentos em Barra do Sahy, Juquehy, Maresias e Cambury. “Não houve necessidade de remoção de moradores, mas continuamos em constante monitoramento, principalmente nas  áreas de riscos para evitarmos contratempos”, afirmou Carlão, acrescentando que as vistorias são feitas a cada cinco horas.

Doações

O Fundo Social de Solidariedade continua a receber doações para atender às vítimas. “Precisamos de colchões, materiais de limpeza e higiene pessoal, eletrodomésticos e utensílios de cozinha”, resumiu Vanda Lopes, chefe de Administração do órgão.

Todas as doações recebidas são encaminhadas às assistentes sociais da Prefeitura que atuam na Costa Sul para distribuição às vítimas.

Vanda enfatizou ter sido aberta no Banco do Brasil uma conta especial para atender às famílias. “Há muito o que ser feito e toda ajuda é benvinda”, ressaltou.

Duas famílias permanecem alojadas em casa de parentes, conforme informações da Defesa Civil. “Estas duas famílias residem em área de risco, daí não poderem retornar aos seus lares”, disse Carlão.

Estradas

Os estragos, principalmente em Maresias, foram provocados depois das 24 horas de chuvas intensas registradas no último dia 23, com um índice pluviométrico de 229 mm,  o equivalente ao previsto pelo Plano de Contingência da Defesa Civil para um período de quatro meses.

Liberado pelo DER um dos pontos críticos que ainda estava sob análise de técnicos do IG (Instituto Geológico), o quilômetro 147 da rodovia Rio-Santos, na altura de Toque-toque Pequeno, que apresentou recalque na pista, continua a atender os motoristas no sistema Pare-e-Siga.

Serviço:

Depósito bancário

Banco do Brasil –  Prefeitura de São Sebastião – Enchente Costa Sul

Agencia: 0715-3 | CC: 42761-6

Doações

Fundo Social | rua Sebastião Silvestre Neves, 128,   Centro,  São Sebastião |  telefone: (12) 3892-4991

Cras Boiçucanga | rua Sargento Teodoro Filisbino da Silva, 200

(RF)

Foto: Divulgação/PMSS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Protected by WP Anti Spam